Pulso Brasil - Setembro 2017

Confira os dados de setembro da pesquisa Pulso Brasil.

Pulso Brasil - Setembro 2017

Autor(es)

  • Danilo Cersosimo Diretor, Ipsos Public Affairs, Brasil
Get in touch
pulsobrasil

Os resultados do Pulso Brasil de setembro indicam uma possível retomada da espiral positiva no país. Os dados ainda são bastante preocupantes – especialmente no que tange à percepção de rumo errado e à avaliação da gestão do Presidente Michel Temer. No entanto, os indicadores com perspectivas de futuro se saíram melhor, possivelmente reflexo do controle da inflação (que impacta diretamente no dia-a-dia das famílias) e do estancamento do desemprego.

Poderes executivo, legislativo e judiciário
Nesse contexto, o Barômetro Político Ipsos confirma a baixíssima popularidade do presidente da República e da sua gestão, com 94% de desaprovação a sua figura e 84% de avaliação negativa ao seu mandato. Os resultados também mostram a ascensão (ao menos momentânea) da aprovação do ex-presidente Lula, que atinge 40% (sua melhor marca na série histórica) e da queda em popularidade do juiz Sergio Moro, que viu sua aprovação cair de 69% em maio para 45% em setembro. Esses fenômenos podem estar ligados à percepção de que a Lava Jato está perdendo força e não vai passar o país a limpo (e Moro sempre foi muito associado ao sucesso das investigações) bem como à deterioração da imagem da Justiça e do sistema judiciário – agora também escancarando seus vilões.

Autor(es)

  • Danilo Cersosimo Diretor, Ipsos Public Affairs, Brasil

Sociedade