Investigação Social e de Reputação Corporativa: Ipsos Public Affairs
OUR SOLUTIONS

Estudos Internacionais

Há muitos anos que a Ipsos conduz estudos globais sobre tendências internacionais. Apoiados por produtos estabelecidos e uma rede global de especialistas em 88 países, estamos interligados para analisar dados relevantes nos setores públicos e privados, agências, organizações e governos.

Contexto do cliente

  • Quer compreender e analisar comportamentos e atitudes dos cidadãos-consumidores em diferentes países e culturas?
  • Precisa de acompanhar a evolução de grandes questões ao longo do tempo?
  • Está à procura de compreender os ambientes de negócios e investimentos?
  • Precisa de ajuda para realizar pré-testes, trackings e avaliação de campanhas de comunicação multipaíses?
  • Precisa de influenciar e trabalhar eficazmente com stakeholders e líderes de opinião, entendendo os seus pontos de vista e contribuindo para a disseminação das suas mensagens?
  • Quer avaliar programas globais e com relevância internacional em países desenvolvidos e em desenvolvimento?

Soluções

O património de dados de opinião da Ipsos permite aos nossos clientes colocar os resultados em contexto, auscultando em simultâneo múltiplos países e mercados. As nossas equipas especializadas projetam e geram estudos de mercado sofisticados, utilizando uma gama completa de abordagens quantitativas e qualitativas.

Com especialistas experientes em estudos internacionais, ferramentas de coordenação de alta tecnologia e experiência metodológica interna, fornecemos aos nossos clientes, de todos os setores, seja público, privado e organizações sem fins lucrativos, dados de alta qualidade derivados, praticamente, de qualquer país do mundo.

Estudos Sindicalizados

O Ipsos Global @dvisor é uma investigação sindicalizada mensal, online, que chega a 18.500 pessoas em mais de 20 países em todo o mundo.

O estudo é utilizado para fornecer dados, tanto para os relatórios sindicalizados da Ipsos, quanto para os projetos personalizados dos clientes. O Global @dvisor é uma ferramenta totalmente flexível, que pode ser especificamente adaptada às necessidades de cada cliente, podendo recorrer-se apenas a uma única pergunta ou explorar um conjunto maior de questões, abranger todos os 25 países ou apenas uma parte deles.

A cada mês, o Global @dvisor atinge 63% da população mundial e os países que representam 82% do PIB mundial.

Países e tamanho da amostra: N = 1.000: Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Índia, Itália, Japão, Espanha e Estados Unidos.

N = 500: Argentina, Bélgica, Chile*, Colômbia*, Hungria, Israel, México, Peru, Polônia, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Coreia do Sul, Suécia e Turquia.

Cronograma: As perguntas devem ser enviadas até à terceira segunda-feira de cada mês. Os resultados são enviados na segunda terça-feira do mês seguinte.

Relatórios sindicalizados globais

Realizado desde 2010, o índice Thomson Reuters/Ipsos Primary Consumer Sentiment Index (PCSI) é um estudo global e mensal, das atitudes dos consumidores sobre o estado atual e futuro das economias locais, situações de finanças pessoais e poupança, e do nível de confiança para grandes investimentos.

O Economic Pulse of the World - é um relatório mensal que faz parte do Global @dvisor, e que examina a avaliação dos cidadãos sobre o estado atual da economia do seu país, numa perspetiva global.

Case studies

Uma associação internacional utilizou o Global @advisor para estudar cidadãos empregados em mais de 20 países, sobre as suas atitudes face ao emprego e às propostas de trabalho. Os resultados geraram um reconhecimento excelente para a organização, bem como promoveram a sua imagem enquanto player internacionalmente reconhecido no setor.

Uma organização internacional sem fins lucrativos utiliza o Global @advisor para estudar anualmente cidadãos residentes em 24 países, no que diz respeito às suas opiniões sobre as ameaças emergentes em todo o mundo. Os resultados são utilizados para acompanhar as preocupações dos cidadãos ano após ano e para fornecer aos governos e a outros uma contextualização sobre os pensamentos dos seus cidadãos.