A evolução do comportamento do consumidor

As marcas precisam de entrar em contacto com os consumidores nos momentos que mais importam.

A evolução do comportamento do consumidor

Os avanços contínuos da tecnologia e os progressos do e-commerce estão a mudar a forma como se compram produtos e serviços. A tecnologia tem criado um cenário de retalho digital, ilimitado pela geografia e pelas dinâmicas normais das lojas. As lojas físicas estão a mudar, não só integram a tecnologia na loja, como interagem com o mundo digital. Como resultado, precisamos de compreender de que forma estas mudanças e implicações devem ser consideradas no planeamento das estratégias de mercado e na otimização dos planos de marketing dos retalhistas.

Neste paper The evolution of shopper behaviour são abordadas as cinco principais mudanças que estão a influenciar o comportamento do consumidor e a forma como é possível a adaptação a esta nova realidade:  

  1. Crescente complexidade de escolha incentiva a utilização de "atalhos" no processo de decisão de compra: As marcas precisam de se relacionar com os consumidores nos momentos mais importantes, seja o foco o marketing digital ou a visibilidade em loja. Os retalhistas precisam de pensar na variedade disponível e em como tornar a seleção de produtos o mais intuitiva e fluída possível.
  2. Preferências pré-compra são um fator importante e influenciador nas decisões de marca: As marcas precisam de se manter no top of mind dos consumidores, ou pelo menos em segundo lugar, quer seja consciente ou inconscientemente.
  3. Revolução digital está a reinventar o comportamento de compra: Os touchpoints digitais podem reforçar ou prejudicar fortemente as preferências de uma marca. Ter uma presença digital coerente e passar uma mensagem correta, no momento certo, é essencialmente para que se consiga influenciar positivamente o processo de decisão de compra.
  4. Todos os dias, novos e disruptivos modelos de e-commerce surgem: As marcas precisam de considerar novas entradas no mercado e diferentes maneiras de estarem disponíveis nos novos canais, capazes estes de oferecer maior conveniência e maior rapidez na finalização da compra.
  5. Estratégia Omnichannel traz o mundo físico e o digital como um todo: cada vez mais os retalhistas precisam de oferecer soluções integradas. "Fluidez" torna-se a "moeda" que permitirá aos retalhistas diferenciarem-se uns dos outros.