As mulheres na publicidade

Como pode uma representação feminina mais positiva contribuir para uma sociedade melhor e para o sucesso das marcas?

WIA POV coverOs meios de comunicação social e a publicidade desempenham um papel importante na nossa cultura, refletindo as normas sociais da nossa sociedade. Três em cada quatro pessoas concordam que a publicidade tem o poder de moldar a forma como nos vemos uns aos outros.

A representação das mulheres na publicidade mudou ao longo das décadas: nos anos 50 e 60 as mulheres apareciam na cozinha ou a cuidar da família; nos anos 70 e 80 as mulheres foram retratadas como símbolos sexuais ou versões inalcançáveis da perfeição; e esta representação continuou nos anos 90 e no século XXI. Atualmente, as adolescentes passam muito tempo nas redes sociais, redes estas que têm sido associadas a problemas de imagem do corpo e distúrbios alimentares. 

Numa época de luta pela igualdade de género, é essencial que as marcas e os marketeers assumam a responsabilidade de representar as mulheres de uma forma moderna e positiva. Mas para além de fazer o que é correto para a sociedade, existe algum benefício em mudar a imagem das mulheres na publicidade numa perspetiva de criatividade? Podem as marcas, ao mesmo tempo que praticam o bem à sociedade, melhorar os seus resultados comerciais?

Neste artigo, a Ipsos procurou compreender se as marcas beneficiam quando nos seus anúncios existe uma representação positiva e moderna do género feminino. As principais conclusões do artigo incluem:

  • Quando os anúncios retratam positivamente as mulheres, há uma maior probabilidade de ter um impacto positivo no relacionamento a longo prazo com as marcas, bem como uma mudança de comportamento a curto prazo.
  • O papel e o retrato das mulheres na publicidade podem influenciar as atitudes em relação à avaliação de um anúncio.
  • Há lições específicas de categoria a serem aprendidas sobre a representação positiva das mulheres na publicidade.

Aceda ao paper Women in Advertising  para aprender mais sobre como uma representação positiva das mulheres na publicidade é uma boa estratégia tanto para a sociedade como para o crescimento da marca.


Assista ao vídeo onde a autora do paper, Jill Urlage, fornece alguns key insights:

Media e Comunicação de Marca